michel-temer-by-lula-marques.jpg

"Bolsa empresário" vai ser revista por Temer por Ari Bruno Lorandi

891 moveleiras foram beneficiadas

Postado em 09/05/2016

 

Economistas apoiam a iniciativa e lembram que o conjunto de benesses dadas pelo governo a diversos setores da economia é pesado

O governo do vice-presidente Michel Temer, que possivelmente assumirá nesta semana, estuda rever bell ross replica watches uma categoria de gasto público que disparou nos últimos anos: os benefícios concedidos ao setor empresarial. Economistas apoiam a iniciativa e lembram que o conjunto de benesses dadas pelo governo a diversos setores da economia, uma espécie de "bolsa empresário", no jargão de alguns especialistas, é pesado. Vai custar, apenas neste ano, cerca de R$ 270 bilhões aos cofres do governo federal.

Trata-se de um valor monumental.omgcheap Para se ter ideia, representa mais de dez vezes o valor destinado ao Bolsa Família, cujo orçamento anual está em R$ 28 bilhões, e mais que o dobro do déficit primário do governo, estimado em R$ 120 bilhões neste ano.

 

A DÍVIDA

O governo nunca teve dinheiro para financiar o PSI (Programa de Sustentação de Investimentos). Para levantar os recursos, vendeu títulos públicos na praça pagando até 14,5% (Selic). Esse dinheiro foi repassado ao BNDES a uma taxa que variou entre 5% e 7% (TJLP). Só essa diferença de juros deu R$ 184 bilhões de defasagem, no final de 2014.

Mas o governo decidiu que, em vez de pagarem pelo menos o mesmo que o BNDES, as empresas tomadoras de empréstimos teriam juros de até 2,5%. O Tesouro teria então de cobrir essa diferença, fazendo a "equalização".

Por praticamente quatro anos, no entanto, o governo ficou sem pagar a equalização ao BNDES, um atraso conhecido como "pedalada". Só no final de 2015, quitou cerca de R$ 30 bilhões.

 

OS TOMADORES

Mais de 315 mil empresas brasileiras de diversos setores tomarem dinheiro do Programa de Sustentação de Investimentos, conhecido por “Bolsa Empresário”. Do setor moveleiro foram 891 empresas. O maior financiamento concedido à uma indústria de móveis foi de R$ R$ 47.879.401,50 tomados pela Kappesberg (Móveis K1 Ltda), empresa de Tupandi-RS.

Fábrica da Kappesberg em Tupandi-RS 

IWC Replica Watches www.iwcwatchblog.com

TAGS - Michel Temer, Bolsa empresário, Kappesberg

COMENTE

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Conheça as regras para a aprovação de comentários neste Blog

COMENTÁRIOS

Mais Artigos

REESTRUTURAÇÃO DA TODESCHINI JUNTA OPERAÇÕES DE DUAS MARCAS

www.uhublotsale.me www.reeftiger.de A Todeschini, que há 80 anos atua no mercado moveleiro anunciou em convenção nacional, dia 13, algumas mudanças importantes nas em...

+

mulher_em_loja_de_moveis.jpg

Por que móveis não estão vendendo?

Todos reconhecem que o mercado de móveis está muito devagar. A pesquisa mensal do IBGE confirma isso. Em janeiro houve recuo de 0,8%, em relação ao primeiro mês de 20...

+

1463488.png

Continuamos perdendo

Mens Automatic Watches   https://best-designer-watches.hdmisplitter.org/   www.puretime03.me https://www.reeftiger.de/herrenuhren/rotgold-uhren.html O ano de 2018, embora tenha a...

+

grafico_bovespa.jpg

Fala sério

Replica Watches A reação dos especuladores ao anúncio do governo dos primeiros pontos definidos da reforma da Previdência foi de grande euforia. O Ibovespa disparou 1.000...

+

como-ganhar-dinheiro_2.jpg

Qual o salário para fazer você feliz?

replicas relojes suizos Um estudo publicado pela revista Nature Human Behavior, elaborado por psicólogos norte-americanos mostra que dinheiro pode, sim, comprar felicidade Dinheiro compra...

+

11701-Bolsonaro-presidente-816x400.jpg

Agora com certeza vai

orologi replica svizzeri No primeiro discurso de Jair Bolsonaro ficou evidente a preocupação com os empreendedores. É a primeira vez que se ouve de um presidente...

+